GANHE 5% DE DESCONTO

CATÁLOGO DE PREÇOS ATACADO

Biografia ROGÉRIO MELO


Em 18 de maio de 1976, na cidade gaúcha de São Gabriel, nascia Rogério de Azambuja Melo, filho de Dalmir dos Santos Melo e Maria Inês de Azambuja Melo.Desde pequeno, Rogério demonstrava tendência e apreço a arte folclórica, a música e a cidade que lhe acolheu na infância e juventude e que até hoje representa um regresso a boas lembranças do passado. Foi ainda em São Gabriel que descobriu a música em suas variadas formas - prática, ritmo e expressão corporal. Aos 10 anos começou a tocar violão e ingressou na invernada do CTG Caiboaté.

Já adolescente, em 1992, mudou-se da fronteira-oeste para o litoral. Deixou por algum tempo a amada São Gabriel e foi para Capão da Canoa, cidade não menos importante na formação de sua carreira. Foi lá, freqüentando o CTG João Sobrinho, que conheceu os amigos Coca, Sílvio, Valesco e o cantor e compositor Chico Saga, os responsáveis por sua iniciação no canto. No mesmo ano, complementando a ligação com a música, Rogério ganhou do pai o primeiro violão.

Três anos depois foi morar na capital do Estado onde, fascinado pela força e beleza da música gaúcha, passou a cantar em fandangos. Foi então integrante do grupo "Estilo Campeiro" com quem fez apresentações na região de Gravataí. Estes palcos foram sua primeira escola de canto e também o impulso para uma importante decisão - a de voltar a São Gabriel para se lançar como solista em invernadas artísticas do CTG Caiboaté.

E foi na cidade que lhe apresentou a música e a cultura gaúcha, que Rogério passou a ser reconhecido pela sua voz. Simultaneamente as invernadas começou a cantar no grupo "Eco do Sul" e com eles teve a primeira experiência de estúdio, de gravação de um trabalho - em 1998 lançaram "Um Vistaço na Tropa", CD produzido por César Oliveira. Ainda em 1998, após marcar sua participação no "Eco do Sul", Rogério deixa o grupo e ingressa nos festivais de música nativista, meio responsável por lançar muitos músicos e excelentes trabalhos. Começou desta forma, a definir a carreira e futuro profissional.

Os festivais ele já conhecia há anos por intermédio do amigo César Oliveira, participante ativo destes eventos. Porém, a primeira aparição de Rogério na vitrine da canção gaúcha foi em 1999 quando defendeu a composição "Romanceiro de Estrada e Posto" no "12o Terra e Cor da Canção Nativa" na cidade de Pedro Osório. No mesmo ano que se lançou nos festivais, Rogério recebeu um convite muito especial. Ao aceitá-lo, ainda sem saber o que a vida lhe preparava, acabou por selar uma parceria que prometia grandes realizações.

Isso foi em 2000 quando procurado por César Oliveira para gravar uma participação no CD "De Campo e Alma". No mesmo ano, também participou do disco "De Quem Anda Por Aí", do poeta gabrielense, Aléx Silveira. Estiveram com ele Luiz Marenco, Jari Terres e Roberto Luçardo, três renomados intérpretes. A partir daí, novos projetos e parcerias com César surgiram e a cada novo trabalho a amizade e afinidade musical de ambos se solidificava.

Em 2001, Rogério Melo fez o álbum solo "Alma Campeira" (gravadora Master Discos de Santa Maria) com produção do amigo e participação do mesmo em quatro faixas. Em 2002, juntos agora como "César Oliveira & Rogério Melo" lançaram "Das Coisas Simples Da Gente" pela gravadora ACIT e finalmente definiram-se como dueto. Juntos, eles preencheram uma lacuna aberta na música nativista e a cada CD o reconhecimento foi maior.

Em 2003 foi o CD "Alma De Fronteira". Em 2004, Rogério esteve presente em um trabalho temático de César intitulado "Concerto Campeiro" - cantou a faixa principal, "Bastos, Potros e Guitarras". Em 2005 lançam os CD's "Retrato de Pampa e Invernada" e "Apaysanado" - este direcionado a obra do poeta Anomar Danúbio Vieira. Em 2006, apresentam o primeiro DVD, resultado de um show ao vivo gravado no Teatro da UCS em Caxias do Sul. "Pátria Pampa" é repleto de imagens do pampa gaúcho. Agora, em 2007 o disco e DVD é "O Campo". Músicas inéditas e variação de ritmos são a marca deste trabalho.

Siga Pithan Pilchas no Twitter: http://www.twitter.com/pithanpilchas

Comentários

Postagens mais visitadas

Total de visualizações de página